-

-

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Burarama e o integralismo





Núcleo Integralista de Floresta. Imagem: Família Aspiralli.

Para qualquer forasteiro que passe na pacata e bucólica Burarama atualmente, não faz ideia da agitação política vivida nessa pequena colônia de imigrantes italianos, que viveu e foi influenciada pelo integralismo na década de Vargas.

Dos sonhos de vários imigrantes italianos e suas famílias nascia na década de 1920, em Floresta, atual Burarama, no município de Cachoeiro do Itapemirim. Região de estupenda beleza natural. Algumas das famílias que ali se instalaram foram: Balardino, Brunoro, Casotti, Dalarme, Dorighetto, Fardin, Frizzo, Gava, Grillo, Milanes, Narlin, Perim, Rossetto, Sabadini, Santolin, Spilari, Varriale e outras.

O que muitos capixabas e até mesmo filhos de Burarama não sabem é que ali nascia na década de 1930 o primeiro núcleo integralista do Espírito Santo. O integralismo  é uma Doutrina política de inspiração tradicionalista, ultra-conservadora, inspirada na Doutrina Social da Igreja Católica, que surgiu em Portugal nos inícios do século XX defendendo o princípio de que uma sociedade só pode funcionar com ordem e paz, no respeito das hierarquias sociais, fundamentando-se para isso nas aptidões e nos méritos pessoais demonstrados  e na harmonia e união social. 

Baseado em fatos reais, nasceu  “Anauê! A apaixonante saga integralista numa colônia de imigrantes italianos” (437 páginas) do escritor cachoeirense José Marcelo Grillo. Esta narrativa relata as agitações políticas vividas pelos integralistas e os opositores na então

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.