-

-

domingo, 21 de novembro de 2010

Psicologia das massas, Parte I.

Manipulação!

Não se pode sobreviver a um conjunto de manipuladores cotidianos sem saber em que consiste isso de manipulação.

É o mesmo Manipulação e chantagem emocional, o assédio moral e o tão traído e atualmente chamado mobbing? Não, porém quase.

Podemos dizer que há um conjunto entre todas as formas de abuso interpessoal. Em principio podemos encontrar a manipulação como algo sutil, as vezes imperceptível.
Quando a manipulação é insuficiente se recorre à chantagem emocional: Fazer sentir medo, culpa, ou vergonha, e exercer um grau variável de poder sobre essa pessoa. Se a chantagem tampouco funciona, começa a possibilidade de empregar a agressão física. O assédio moral, especialmente quando se exerce no meio laboral(mobbing) supõe um grau elevado de poder por parte da pessoa que o exerce.

No fundo, é tudo a mesma coisa: Inseguridade do manipulador, que emprega técnicas para resolver seus problemas baseados na agressividade ativa ou passiva. Este indivíduo tem um importante déficit de habilidades sociais, especialmente no plano da conduta assertiva, que o leva a empregar primeiro meios sutis para conseguir que os demais façam o que ele quer, e depois cada vez mais agressivos até chegar à violência pura e dura.

Não acredite que o mundo está dividido entre manipuladores e não manipuladores. Melhor façamos a distinção entre “quem neste momento emprega estratégias de manipulação” e “quem neste momento não está podendo resistir às estratégias de manipulação dos outros”. Que eu saiba, ainda em nenhum manual de critérios diagnósticos aparece tipificado algo como “Manipulador Cotidiano” (o dia em que apareça fecho meu quiosque, tenha certeza)

Ainda que não se possa dizer de alguém que “é um manipulador cotidiano” assim como definir sé alguém é alto ou baixo, sei que há pessoas que tem mais motivos para se comportar desta forma. Aqui vamos conhecer algo mais sobre quem soa atuar assim.
Comecemos conhecendo suas pautas comunicativas mais habituais. Essa frases ou expressões que devem te por automaticamente sobre aviso que está sofrendo uma tentativa de aproveitamento sobre você.

Continuaremos conhecendo suas estratégias um pouco mais profundas, seus princípios ou esquemas, o que tenho chamado “seus recursos”
E, para terminar, que melhor que seus pontos débeis? Este ponto quase não haveria o que dizer, porque bastaria em escutar o que eles dizem. Como projetam suas falhas nos demais…

Você quer saber mais?

http://www.pnlnet.com/chasq/a/2483

http://site.suamente.com.br/

Agradecimento:

TRADUTORA: DANIELA BITNER – CONTATO: dani_bitner@hotmail.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.