-

-

domingo, 11 de novembro de 2012

Imperadores Cristãos. Parte II. Imperador Romano Constantino II.


Busto de Flavius Claudius Constantinus, mais conhecido como Constantino II. Imagem: Enciclopédia Larousse Cultural.

Imperador romano oriental (337-340) Flavius Claudius Constantinus nasceu em Arles, em fevereiro, 316 d.C. Filho mais velho de Constantino I e Fausta, depois da morte de seu meio-irmão Crispo, foi educado em meio cristão. Filho mais velho do Imperador Constantino I e da Imperatriz Fausta, antes de morrer o imperador dividiu o Império entre seus três filhos, tocando para Constantino II o controle da Hispânia, Gália e Britânia, a parte ocidental do Império e residindo em sua capital de Tréveris, enquanto a Constâncio coube o governo da parte oriental, do Egito e províncias asiáticas, e a Constante, o filho mais jovem de Constantino I e Fausta, o controle da Itália, Ilíria e África e por ser menor, sob a tutela do irmão mais velho.

No dia primeiro de março de 316, Constantino foi nomeado César, e, com 7 anos de idade em 323, participou da campanha com seu pai contra os sármatas.

Com 10 anos, ele tornou-se comandante da Gália, depois da morte de seu meio-irmão Crispus. Uma inscrição datada de 330 d.C registra o título de Alamânico, assim é provável que seus generais tenham sido vitoriosos em  uma batalha contra os alamanos. Sua carreira militar continuou quando Constantino I escolheu seu filho comandante da campanha de 332 contra os Godos.

Logo após à morte de seu pai em 337, Constantino II tornou-se imperador junto com seus irmãos Constâncio II e Constante. Depois de dividirem o Império, feito pelos três irmãos em setembro do mesmo ano na Panônia, ele governou sobre a Gália, Britânia e Hispânia. Ele foi envolvido na batalha entre várias vertentes do Cristianismo.

A parte ocidental do império foi em direção ao Trinitarismo e contra o Arianismo, e Constantino libertou Atanásio e o autorizou a retornar a Alexandria. Este ato deixou insatisfeito seu irmão Constâncio II, que era seguidor do Arianismo.

No começo, ele era protetor de seu irmão menor, Constante, cuja parte do império era a província romana da Itália, da África e da Ilíria. Quando Constante atingiu a maioridade, Constantino II não quis renunciar à tutela e, em 340 marchou contra ele na Itália, mas foi derrotado em Aquiléia e morreu aos 24 anos de idade em batalha. Constante então tomou o poder da parte do império de seu irmão morto em batalha. Deixando então o controle de todo o Ocidente nas mãos do irmão Constante.

COPYRIGHT ATRIBUIÇÃO - NÃO COMERCIAL © 

Copyright Atribuição –Não Comercial© construindohistoriahoje.blogspot.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Não Comercial.  Com sua atribuição, Não Comercial — Este trabalho não pode ser usado  para fins comerciais. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Construindo História Hoje”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Construindo História Hoje tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para http:/www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Construindo História Hoje que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes e seus atributos de direitos autorais.



Você quer saber mais? 

Barnes, TD Atanásio e Constâncio: Teologia e Política no Império de Constantino , Cambridge, 1993. 


Novo Império de Diocleciano e Constantino . Cambridge, 1981. 






























2 comentários:

  1. Oi Leandro,sou do grupo Educadores Multiplicadores. Vim conhecer o seu blog gostei e já o estou seguindo. Venha visitar o meu e seguir também.
    http://sosprofessor-atividades.blogspot.com.br
    Bjos e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá Leandro caro amigo!

    Ando bastante ausente por isso demora em passar aqui.

    Excelente sua postagem!
    Um mega post com muitas informações.

    Deixo uma abraço e desejo de uma ótima semana.


    Ja tem atualização pelo meu blog.

    ResponderExcluir

Para você que visitou o meu blogue, e compartilhou de seu conhecimento nesse espaço. Contribuindo com o crescimento do Construindo História Hoje. O meu muito obrigado, por fazer parte desse humilde projeto, que busca levar de forma simples e objetiva o entendimento dos acontecimentos historicos.
Cordialmente,
Leandro Claudir

Para usted que ha visitado mi blog, y compartió sus conocimientos en esta área. Contribuir al crecimiento de la construcción de la Historia de Hoy. Mi gracias por ser parte de este proyecto humilde, que trata de tener una comprensión simple y objetiva de los acontecimientos históricos.
Atentamente,
Leandro Claudir

For you who visited my blog, and shared his knowledge in this area. Contributing to the growth of the Building History Today. My thank you for being part of this humble project, which seeks to take a simple and objective understanding of historical events.
Sincerely,
Leandro Claudir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.