-

-

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Siga os antigos egípcios na "jornada pela morte para a vida futura". Exposição enfocando o Livro dos Mortos.

Cena do Livro dos Mortos do Hunefer. Egito, c. 1280 aC

A partir de Tebas, no Egito 19a dinastia, por volta de 1300 aC

Ritos diante do túmulo

Este é um excelente exemplo de uma das muitas belas vinhetas (ilustrações) do Livro dos Mortos do Hunefer.

O elemento central da cena superior é a múmia de Hunefer, mostrado apoiado pelo deus Anubis (ou um sacerdote usando uma máscara de chacal). Hunefer esposa e filha choram, e três sacerdotes realizam rituais. Os dois sacerdotes, com faixas brancas estão realizando o ritual de abertura da boca. O prédio branco à direita é uma representação da tumba, completa com portal e porta pequena pirâmide. Ambas as características podem ser vistas nas tumbas reais da data de Tebas. À esquerda da tumba é um retrato da estela que teria ficado ao lado da entrada do túmulo. Seguindo as convenções normais da arte egípcia, mostra-se muito maior do que o tamanho normal, a fim de que o seu conteúdo (o falecido adorar Osíris, juntamente com uma fórmula padrão que oferece) é absolutamente legível.

À direita da parte inferior da cena é uma mesa com os vários implementos necessários para a abertura do ritual da boca. À esquerda é mostrado o ritual, onde a perna de um bezerro, cortar, quando o animal está vivo, é oferecido. Os animais foram então sacrificados. O bezerro é mostrada junto com sua mãe, que possam ser interpretados como sinais de perigo.

RO Faulkner, The Ancient Egyptian Book de t , (revista ed. CAR Andrews) (Londres, o British Museum Press, 1985)

RB Parkinson e S. Quirke, papiro (egípcio Bookshelf) (Londres, o British Museum Press, 1995)

S. Quirke e AJ Spencer, The British Museum livro do CPN (Londres, o British Museum Press, 1992)

Você quer saber mais?

http://www.britishmuseum.org/

http://blog.britishmuseum.org/2010/09/22/what-is-a-book-of-the-dead/

http://www.britishmuseum.org/learning.aspx

http://www.britishmuseum.org/visiting.aspx


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.