-

-

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O Mito do Papai Noel Versus A Realidade de Jesus Cristo

Consumismo capitalista versus Espiritualidade Cristã.

A figura simpática do “bom velhinho”, mais conhecido por Papai Noel, estará novamente diante dos nossos olhos nos dias de dezembro. Promovida por um marketing poderosíssimo, continua sendo um artifício de peso nas mãos do comércio ávido por grandes lucros nas suas vendas.

Dezembro, todavia, também oferece oportunidade para a igreja cristã colocar diante dos olhos das pessoas uma outra figura. Ao contrário do Papai Noel, não existe só no imaginário das crianças. Mas a igreja cristã parece se acomodar timidamente na sua incapacidade de competir com o marketing do Noel. Por isso, ela geralmente se recolhe e, quando muito, promove a outra figura apenas dentro de suas paredes, numa espécie de comemoração do verdadeiro Natal só para consumo interno.

E então... Jesus perde para o Papai Noel? Qual os benefícios trazidos por Jesus? São inferiores aos presentes ditos vir por meio do “bom velhinho”? A igreja cristã começa a sair de sua tímida acomodação quando ela de novo presta atenção às palavras do anjo a José, tranqüilizando aquele homem piedoso a respeito da inesperada gravidez de Maria. Ao filho gerado pelo Espírito Santo, José deveria pôr o nome de Jesus, “porque ele salvará o seu povo dos pecados deles” (Mt 1.21).
O presente trazido por Jesus e o presente, quando vem, trazido pelo Papai Noel... Qual deles vale mais para nós, para nossos filhos e nossos amigos? Jesus salvará o seu povo dos pecados deles; é pouca coisa? Sim, qual o valor desse presente para você? Veja bem o seguinte: ele chega a você para salvar você dos seus pecados! Não, amigo, não é pouca coisa, pois o pecado também não é pouca coisa. Se você teme sofrer por causa de uma doença terrível, tipo câncer, tema muito mais sofrer por causa do pecado. Por causa dele, você está condenado a viver e morrer debaixo da ira de Deus. Sua vida acabará no inferno, num sofrimento eterno indescritível e inimaginável.
A chegada do Natal coloca diante dos seus olhos a pessoa de Jesus. Isso acontece para que o coração acolha com fé aquele que está diante dos olhos. É presente de Deus para você. Deus quer vê-lo debaixo do seu amor, do seu perdão, da sua misericórdia, para que sua vida acabe no céu, numa felicidade eterna indescritível e inimaginável.

Jesus ganha de goleada do Papai Noel. É vitória para se comemorar com muito barulho. A igreja cristã precisa fazer barulho por causa do presente de Natal que Deus dá para a humanidade na pessoa de Jesus Cristo. Comece fazendo barulho dentro de sua família para que seus filhos cresçam sabendo que há um presente de Natal muito mais valioso do que qualquer outro. O encanto dos presentes de Natal acaba em pouco tempo; o encanto do PRESENTE de Natal permanece para sempre, pois Jesus, por causa da misericórdia de Deus por nós, nos salvará dos nossos pecados. Não compreendo a razão de tanto amor por mim, contudo estou encantado diante do presente que recebo do meu Senhor. Obrigado, Senhor!

Alegre-se com o presente de Deus no próximo Natal e agradeça por ele ao Senhor. Não pare por aí, todavia. Alegre também outros corações por meio do seu testemunho. Não é tão difícil fazer isso, basta perguntar para alguém: você sabe o que significa o nome Jesus? Pois quer dizer “ele salvará o seu povo dos pecados deles”. Pronto... Está aberta a porta para você colocar o presente de Deus diante de uma pessoa.

Paulo Moisés Nerbas, Pastor, presidente da IELB

Você quer saber mais?

http://ielbbage.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.