-

-

domingo, 8 de fevereiro de 2015

A lenda da origem do povo Inca.



As origens do povo inca são particularmente obscuras e a lenda leva a melhor sobre a História. E a lenda tal como a consignou o cronista peruano Garcilaso Inca de la Veja, autor de Comentários reales, publicados em Lisboa em 1609, relata que aquele que será o primeiro soberano inca, Manco Capac, os seus irmãos e as suas irmãs brancos, saíram de Paracec-Tambo, (a caverna do futuro, no primeiro dia em que o sol tomou lugar no céu). Eis por que se chamavam Churi-Inti, os filhos do sol; adoravam e veneravam o Deus-Sol como seu pai. O primeiro inca teria, pois sido Manco Capac, esse semideus branco que tinha por esposa a sua própria irmã, Mama Ocllo Huaco. E a lenda apresenta:

Chegaram ao vale de Cuzco. Sobre a eminência que tem hoje o nome de Huanacauti, o Inca  plantou no solo o seu bastão de ouro; no mesmo instante, o bastão mergulhou na terra e desapareceu. O Inca disse: “Nosso pai, Inti (o Sol servo de Viracocha o grande deus branco criador do esplendor original), ordena-nos que fiquemos neste vale, que aqui nos estabeleçamos e reinemos...” Partindo de Huanacauti, desceram ao vale, o príncipe para norte, a princesa para sul. Assim que os homens viram os dois incas cobertos de magníficas vestes e que pelas suas palavras e pela sua pele clara os reconheceram neles. O inca ordenou aos homens que cultivassem o campo da comunidade, para evitar que a fome os expulsasse de novo para a floresta; a outros, ordenou que construíssem choupanas e casas, e foi assim que povoou a nossa cidade real. Pelo seu lado, a rainha ensinou as mulheres a fiar e a tecer.

O povo , esse é governado com mão de ferro. No reino, não há dinheiro nem comércio. O trabalho é distribuído e remunerado em gêneros, pelos governadores. As colheitas, as ceifas, tudo pertence ao Inca, que tudo divide em três partes: uma para ele, outra para o Deus-Sol, outra para os camponeses. Estes não podem possuir tecidos finos, nem a mínima parcela de ouro. Não há trégua nem repouso para o agricultor: mal termina o trabalho nos campos, tem de passar para a construção ou manutenção das estradas, ou ainda à das fortalezas.


Os etnólogos, esses, sustêm, na sua maioria, uma tese de que os Incas de pele clara, como se afirma na lenda não teriam sido os primeiros habitantes do Peru. Tanto mais que falam uma língua que os indígenas não compreendem. Talvez fossem sobreviventes do cataclismo que, quase no florescer da humanidade, aniquilou um continente inteiro. Em todo caso, uma coisa é certa: existem mais do que simples analogias entre certos vocábulos de raízes quichas, utilizados pelos incas e palavras de raízes indo-europeias.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.