-

-

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Civilizações esquecidas: Império Mauryan.


Templo Mahabodhi , construído pelo Imperador Maurya Ashoka, o Grande, em 250 aC.

Foi fundado em 324 a. C. por Chandragupta, do clã dos Maurya, que conseguiu acabar com a dinastia Nanda e conquistou o trono da Pataliputra. Chandragupta aproveitou o vazio do poder para consolidar o seu domínio no noroeste, a partir do qual avançou para o Ganges e derrotou o último rei Nanda. Não se sabe com exatidão a data do início do reinado, mas pode situar-se entre os anos 324 e 317 a. C. A maior parte do Norte da Índia constituía um só império, controlado por um grande corpo de funcionários nomeados pelo rei. O estado participava em grande medida na indústria e no comércio e promovia a agricultura. No que respeita à organização social, prevaleceu o sistema de quatro classes (varna).

Chandragupta reinava sobre um vasto império que se estendia desde Kandahar até à desembocadura do Ganges. Ao finalizar o seu reinado, houve uma terrível fome, e o rei, considerando que esta teria sido provocada pelos seus pecados e deficiências como governante, abdicou e converteu-se ao jainismo.


A estátua de Buda no Bharhut, construído durante o reinado de Asoka.

Sucedeu-lhe o seu filho Bindusara no ano 300 a. C., que conseguiu manter intacto o império Maurya. Bindusara morreu em 270 a. C. e sucedeu-lhe Ashoka. As suas reformas visaram a busca de prosperidade, o bem-estar e a felicidade dos seus súbditos. A grande expansão do budismo durante o reinado Ashoka impulsionou o desenvolvimento da arquitetura pétrea. O rei foi afastado por uma intriga palaciana (232 a. C.). No ano de 186 a. C., os Maurya foram substituídos por uma nova dinastia, a dos Sunga.

O Império Maurya formou o maior e mais poderoso império da Índia antiga, que durou de 322 a.C. a 185 a.C.. O Império se iniciou com a conquista do Reino de Magadha e deposição da Dinastía Nanda que o governava, pelo fudador da dinastia e primeiro imperador Chandragupta Maurya.

A expansão se deu desde o Reino de Magadha que se limitava à região do noroeste da India onde hoje se situam as modernas Bihar e Bengala, e tinha por capital a cidade de Pataliputra. e se dirigiu para o norte até os contrafortes do Himalaia, depois para o leste até o atual Hassan e finalmente para oeste, ultrapassando o Paquistão até o Baluquistão (então Pérsia) e partes do atual Afeganistão como Candaar e Herat.


Imperador Maurya Asoka, o Grande.

Na luta no ocidente, Chandragupta acabou arrebatando territórios então recentemente conquistados por Seleuco um dos generais de Alexandre. Depois, sob o Imperador Bindusara Amitraghata a conquista dirigiu-se para o sul, com a conquista de Kalinga e o grande imperador Asoka conclui a conquista do restante do sub-continente índico, submetendo por último Pandya e Cheras.

Já sob Chandragupta, seu ministro Kautalya Chanakya escrevia o Artha shastra que é o mais antigo e um dos maiores tratados sobre economia, política, administração, assuntos exteriores e guerra que, junto com os Éditos de Ashoka se constituiram no arcabouço doutrinário de todos os governantes do império.


Arquitetura Maurya em Montes Barabar. Terceiro século aC.

Com a unificação, a Índia experimentou um longo período de paz e prosperidade com desenvolvimento da economia e ciência, melhoria do comércio, agricultura e sistemas administrativo, tributário e legal. No campo da religião Chandragupta incentivou o jainismo enquanto Asoka favoreceu enormemente o budismo a que se converteu se tornando o predecessor da tutela dos direitos dos animais.


Escudo do Império Mauryan. 

Imperadores Mauryas

Chandragupta Maurya (322 a.C. — 298 a.C.) - fundador do Império Maurya depois de derrotar o Império Nanda e o Império Selêucida.

Bindusara Amitraghata (297 a.C. — 272 a.C.)

Ashoka Vardhana (273 a.C. — 232 a.C.) - considerado o maior imperador na História da Índia, e foi o primeiro a unificar a Índia (depois de conquistar a maior parte do Sul da Ásia, adotou o Budismo, garantiu direitos aos animais e promoveu a não-violência.

Dasaratha (232 a.C. — 224 a.C.)

Samprati (224 a.C. — 215 a.C.)

Salisuka (215 a.C. — 202 a.C.)

Devavarman (202 a.C. — 195 a.C.)

Satadhanvan (195 a.C. — 187 a.C.) - o Império Maurya havia encolhido por altura do seu reinado.

Brhadrata (187 a.C. — 185 a.C.) - último imperador, assassinado pelo seu general Pusyamitra Shunga, que ascendeu ao trono e fundou o Império Shunga.


 Mapa do Império Mauryan e suas principais cidades.

COPYRIGHT © 

Copyright © construindohistoriahoje.com. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Construindo História Hoje”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Construindo História Hoje tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para http:/www.construindohistoriahoje.com. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Construindo História Hoje que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes e seus atributos de direitos autorais.

Você quer saber mais? 


Império Maurya. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [Consult. 2014-01-07].
Disponível na www: http://www.infopedia.pt/$imperio-maurya
>.

(E-BOOKS PARA DOWNLOAD)

(REDE SOCIAL BADOO)

(AGREGADOR DELICIOUS)

(COMUNIDADE CHH NO DIHITT)

(COMUNIDADE DE NOTÍCIAS DIHITT)

(PÁGINA NO TUMBLR)

(REDE SOCIAL ASK)

(REDE SOCIAL VK)

(REDE SOCIAL STUMBLEUPON)

(REDE SOCIAL LINKED IN)

(REDE SOCIAL INSTAGRAM)

(ALBUM WEB PICASA)

(REDE SOCIAL FOURSQUARE)

(ALBUM NO FLICKR)


(CANAL NO YOUTUBE)

(MINI BLOGUE TWITTER)

(REDE SOCIAL BEHANCE)

(REDE SOCIAL PINTEREST)

(REDE SOCIAL MYSPACE)

(BLOGUE WORDPRESS HISTORIADOR NÃO MARXISTA)

(BLOGUE LIVE JOURNAL LEANDRO CLAUDIR)

(BLOGUE BLOGSPOT CONSTRUINDO PENSAMENTOS HOJE)

 (BLOGUE WORDPRESS O CONSTRUTOR DA HISTÓRIA)

(BLOGUE BLOGSPOT DESCONSTRUINDO O CAPITALISMO) 

 (BLOGUE BLOGSPOT DESCONSTRUINDO O COMUNISMO) 

(BLOGUE BLOGSPOT DESCONSTRUINDO O NAZISMO)

 (BLOGUE WORDPRESS CONSTRUINDO HISTÓRIA HOJE)

(BLOGUE BLOSPOT CONTATO)

 (REDE SOCIAL FACEBOOK CONSTRUINDO HISTÓRIA HOJE)

(REDE SOCIAL FACEBOOK LEANDRO HISTORIADOR)

(REDE SOCIAL GOOGLE + CONSTRUINDO HISTÓRIA HOJE) 

(MARCADOR DICAS DE LEITURA) 

(MARCADOR ARQUEOLOGIA) 

(MARCADOR ÁFRICA)

(MARCADOR ANTIGUIDADE)

(MARCADOR PERSONAGENS DA HISTÓRIA) 

(MARCADOR HISTÓRIA DO BRASIL) 

(MARCADOR FÉ) 

(MARCADOR COMUNISMO) 


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.