-

-

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Reflexão de Natal: Construindo História Hoje.


Nasce a Luz da Verdade que brilha na escuridão dos corações humanos. 

A luz é um símbolo da vida. Ela mostra o caminho e nos dá segurança. Jesus Cristo é a luz do mundo. E neste dia de Natal temos o privilégio de ouvir mais uma vez a boa nova da vinda do Filho de Deus ao mundo, em forma humana. O apóstolo João escreveu as seguintes palavras, referindo-se a Jesus:  

“A Palavra era a fonte da vida, e essa vida trouxe a luz para todas as pessoas. A luz brilha na escuridão, e a escuridão, e a escuridão não conseguiu apaga-la”.
 (Jo 1: 4-5)  

Jesus Cristo é a luz verdadeira, a luz que veio ao mundo e ilumina todas as pessoas, Este maravilhoso registro sobre a humanação do Filho de Deus vem acompanhado de uma nota trágica: ele veio para o seu próprio país, mas o seu povo não o recebeu. Apesar de ainda hoje se repetir a mesma tragédia, existe e fantástica afirmação de que alguns o receberam e creram nele, e ele lhes deu o direito de se tornarem filhos de Deus (Jo 1:12).  

Graças a Deus, isto é verdade ainda hoje! A mensagem de Natal nos anuncia esta verdade: “A luz brilha na escuridão, e a escuridão, e a escuridão não conseguiu apaga-la”. Nós podemos fazer parte daqueles que permanecem na escuridão e rejeitam a graça de Deus, a luz, e a salvação que ele oferece. Assim, a tragédia continuará, e crescerá cada vez mais.  Em Jesus Cristo, porém, Deus nos propõe a iluminação, a saída das trevas espirituais, a libertação total dos poderes escravizadores do pecado e de Satanás. Onde Cristo está ali brilha a luz, e a escuridão é desfeita!  

Quando Jesus esteve aqui no mundo, alguns o receberam e ceram nele, e ele lhes deu o direito de se tornarem filhos de Deus. Durante dois milênios se repete o mesmo milagre. Eis aí o grande motivo de júbilo, de alegria e de um Feliz Natal.


Nosso amado Salvador e Criador Jesus Cristo, hoje reina absoluto por toda a eternidade (literalmente) sobre todos os corações daqueles que pela fé fizeram-se filhos de Deus, e não somente criaturas humanas. 

Oremos: Senhor Jesus, ilumina a minha vida e permite que eu viva sempre longe das trevas do pecado. Obrigado por teres nascido e sofrido no lugar de todos nós. Abençoa o nosso Natal. Amém.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.