-

-

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

E se os nazistas tivessem ganho a Segunda Guerra Mundial?


Nazistas ocupam a Casa Branca em 1945. Imagem: História Alternativa.

 A América Latina teria sido o palco do confronto final entre alemães e aliados. E não existiria Internet!

por Denis Russo Burgierman

A ideia de que Adolf Hitler pudesse concretizar seus planos megalomaníacos hoje soa absurda. Mas os alemães estiveram a milímetros de ganhar a guerra. Tanto que o historiador inglês Stephen Ambrose atribui a derrota dos nazistas a um meteorologista escocês. Ele chamava-se J. M. Stagg e fazia a previsão do tempo para as tropas aliadas. No dia 5 de junho de 1944, apesar da tempestade que castigava a costa francesa, Stagg garantiu que o céu acabaria abrindo mais tarde.

Foi um chute, já que o clima naquela região é tão instável que até hoje os satélites erram metade das previsões. Mas Stagg acertou. Se a chuva não parasse, os soldados que desembarcaram na França na manhã seguinte – o fatídico Dia D – chegariam à praia enjoados, incapacitados para lutar. Também não haveria visibilidade para soltar pára-quedistas ou bombas. Toda a operação para libertar a França teria sido um fiasco.


Por outro lado, o historiador militar inglês John Keegan acredita que Hitler perdeu sua chance de vencer três anos antes, em 1941. Nessa época, quase toda a Europa estava em suas mãos ou na de seus cúmplices italianos e simpatizantes espanhóis. Animado com o sucesso, o ditador encarou de frente a Rússia. Acabou derrotado pelo inverno. Keegan argumenta que Hitler poderia ter optado por uma invasão indireta. Ele entraria fácil na Turquia e de lá estenderia seus tentáculos pelo Oriente Médio. Garantiria, assim, um suprimento inesgotável de petróleo para mover seus tanques e aquecer suas tropas. Depois, tomaria o sul da União Soviética, onde o inverno não é tão cruel. Desse jeito, deixaria Stálin sem suas principais reservas petrolíferas.


Mapa Múndi segundo a vitória do Eixo. Imagem: História Alternativa.  Clique na Imagem para ampliar.

“Daí para a frente, seria fácil conquistar a Rússia e depois a Índia, então colônia inglesa”, disse Keegan à Super. Enquanto isso, seus aliados japoneses ocupariam a China, ligando o Japão à Alemanha. E não pararia por aí. “A Inglaterra é pouco populosa e pobre em recursos naturais”, afirma Keegan. Sem suas colônias, viraria presa fácil. Na época, boa parte da África era colônia de países europeus e acabaria também nas mãos do Führer.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.