-

-

sexta-feira, 8 de março de 2013

Isótopos revelam que temperatura dos dinossauros era semelhante a dos mamíferos!



Crânio de um Camarasaurus, mostrando sua mandibula com dentes em forma de espátulas grandes. Imagem: Sauriermuseum Aathal [5], Switzerland.

No debate sobre se os dinossauros eram de sangue frio (mais corretamente, que possuiam a temperatura do ambiente ou não) ou quente [1].  Seria bom se houvesse alguma forma de descobrir qual era a temperatura do corpo dos dinossauros [2].

Surpreendentemente, existe um meio, graças a Robert Águia da Caltech e seus colegas foram capazes de fazer uso do fato de que os isótopos ¹³C e 18O preferencialmente se ligam entre si por uma quantia que depende da temperatura [2]. Em particular, a quantidade precisa de ligação de carbonato nos ossos depende da temperatura na qual eles foram formados:

“quanto maior a temperatura, menos essa combinação isotópica está presente.”[1]

Dente de Brachiosaurus datado do periodo Jurassico, encontrado em Tendaguru na Tanzania. Imagem: Thomas Tütken [4] University of Bonn [3].

Os pesquisadores acham que a temperatura do corpo de grandes saurópodes [1] do periodo Jurassico [1] deve ter sido entre 36-38°C semelhante ao dos mamíferos modernos e diferente dos modelos previsto na escala baseada  para sague frio que variava entre 4-7°C [2]. Eles de fato deveriam ser bastante quentes por causa de seu grande tamanho e da dificuldade associada em se livrar do calor.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.