-

-

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Os números: uma verdadeira perspectiva em ângulos!


Existe uma lógica para os números terem essas formas?  Imagem: Arquivo Pessoal CHH.

Os números que utilizamos e escrevemos atualmente são formados por algarismos (1,2,3,4, etc.) chamados de algarismos árabes, para distingui-los dos algarismos romanos (I; II; III; IV; etc.).

Os árabes popularizaram esses algarismos por todo o mundo, mas suas origens são muito mais remontas, e nos remetem aos tempos dos mercadores fenícios que os utilizavam para contar e para fazer a contabilidade comercial no seu dia-a-dia.

Alguma vez você já se perguntou, por que é que 1 é “um”, 2 é “dois” e 3 é “três”...?

Qual é a lógica que existe nos algarismos árabes que utilizamos e o motivo de serem tão popularizados?

É A QUANTIDADE DE ÂNGULOS NO ALGARISMO!

Vejamos agora como eram escritos os algarismos na sua forma primitiva pelos fenícios e constate você mesmo!


Ângulos dos números 1,2,3 e 4. Imagem: Arquivo Pessoal CHH. 


Ângulos dos números 5, 6, 7 e 8. Imagem: Arquivo Pessoal CHH.


Ângulos no número 9. Imagem: Arquivo Pessoal CHH.

E o mais interessante e inteligente de todos eles é o número 0 “zero”.


Zero é o número que denota a ausência de ângulos. Imagem: Arquivo Pessoal CHH. 

Quais aprendizados nos trazem o significado dessa história?

“Nunca é tarde para aprender!”

10/04/2013

Leandro Claudir é Acadêmico de História pela Universidade Luterana do Brasil, Técnico em Informática pela QI Escolas e Faculdades. Habilitado em Liderança de Círculos de Controle de Qualidade Empresarial pelo Sesi. Criador e Administrador do Projeto Construindo História Hoje. IBSN- 7837-12-38-10.

COPYRIGHT ATRIBUIÇÃO - NÃO COMERCIAL © 

Copyright Atribuição –Não Comercial© construindohistoriahoje.blogspot.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Não Comercial.  Com sua atribuição, Não Comercial — Este trabalho não pode ser usado  para fins comerciais. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Construindo História Hoje”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Construindo História Hoje tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para http:/www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Construindo História Hoje que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes e seus atributos de direitos autorais.



Você quer saber mais? 



































LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.