-

-

sexta-feira, 8 de março de 2013

Isótopos revelam que temperatura dos dinossauros era semelhante a dos mamíferos!



Crânio de um Camarasaurus, mostrando sua mandibula com dentes em forma de espátulas grandes. Imagem: Sauriermuseum Aathal [5], Switzerland.

No debate sobre se os dinossauros eram de sangue frio (mais corretamente, que possuiam a temperatura do ambiente ou não) ou quente [1].  Seria bom se houvesse alguma forma de descobrir qual era a temperatura do corpo dos dinossauros [2].

Surpreendentemente, existe um meio, graças a Robert Águia da Caltech e seus colegas foram capazes de fazer uso do fato de que os isótopos ¹³C e 18O preferencialmente se ligam entre si por uma quantia que depende da temperatura [2]. Em particular, a quantidade precisa de ligação de carbonato nos ossos depende da temperatura na qual eles foram formados:

“quanto maior a temperatura, menos essa combinação isotópica está presente.”[1]

Dente de Brachiosaurus datado do periodo Jurassico, encontrado em Tendaguru na Tanzania. Imagem: Thomas Tütken [4] University of Bonn [3].

Os pesquisadores acham que a temperatura do corpo de grandes saurópodes [1] do periodo Jurassico [1] deve ter sido entre 36-38°C semelhante ao dos mamíferos modernos e diferente dos modelos previsto na escala baseada  para sague frio que variava entre 4-7°C [2]. Eles de fato deveriam ser bastante quentes por causa de seu grande tamanho e da dificuldade associada em se livrar do calor.

08/03/2013

Leandro Claudir é Acadêmico de História pela Universidade Luterana do Brasil, Técnico em Informática pela QI Escolas e Faculdades. Habilitado em Liderança de Círculos de Controle de Qualidade Empresarial pelo Sesi. Criador e Administrador do Projeto Construindo História Hoje. IBSN- 7837-12-38-10.

COPYRIGHT ATRIBUIÇÃO - NÃO COMERCIAL © 

Copyright Atribuição –Não Comercial© construindohistoriahoje.blogspot.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Atribuição-Não Comercial.  Com sua atribuição, Não Comercial — Este trabalho não pode ser usado  para fins comerciais. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Construindo História Hoje”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Construindo História Hoje tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para http:/www.construindohistoriahoje.blogspot.com.br. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Construindo História Hoje que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes e seus atributos de direitos autorais.

Você quer saber mais? 

[1] EAGLE, ROBERT, Isotopes reveal dinosaur temperatures: CernCourier, Genova (Switzerland), volume 51, número 7, p.17 ,setembro 2011.

[2] EILER, John; EAGLE, Rob. Scientists Measure Body Temperature of Dinosaurs for the First Time: Some dinosaurs were as warm as modern mammals. Arlington: National Science Foundation, 2011. Disponível em: < http://www.nsf.gov/news/news_summ.jsp?cntn_id=119874&WT.mc_id=USNSF_51&WT.mc_ev=click> Acesso em: 08 de março de 2013.

[3] TÜTKEN, Thomas. Brachiosaurus tooth form the Jurassic Tendaguru Beds of Tanzania. Boon: University of Boon, 2011. Disponível em: < http://www3.uni-bonn.de/ > Acesso em: 08 de março de 2013.

[4] TÜTKEN, Thomas. Thomas Tütken. Boon: University of Boon, 2007. Disponível me: <  http://www.steinmann.uni-bonn.de/arbeitsgruppen/geochemie/mitarbeiter/tuetken-thomas> Acessado em: 08 de março de 2013.

[5] Saurier Museum. Aathal: Saurier Aathal Museum, 2013. Disponível em: <http://www.sauriermuseum.ch/de/home/> Acessado em: 08 de março de 2013.

































LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.