-

-

domingo, 22 de julho de 2012

Coiotes do Pampa. A Porta de entrada de imigrantes ilegais.

 Imagem: Zero Hora. (clique na imagem para ampliar).
 
Itamar Melo e Rossana Silva*
Um produto novo foi incorporado à prática ancestral do contrabando na fronteira entre Brasil e Argentina: gente. Às 5h de terça-feira, dois homens foram presos em flagrante na estação rodoviária de Uruguaiana depois de passar irregularmente um coreano para o lado brasileiro.

Segundo a Polícia Federal, os novos chibeiros do Rio Uruguai fizeram ingressar no país, nas últimas semanas, uma leva de imigrantes clandestinos de países como Senegal, Nigéria, Peru e China. A quadrilha, que seria formada por brasileiros e argentinos, costumava fazer a travessia do rio durante a madrugada, de barco.

Em outras ocasiões, escondia o imigrante clandestino em um táxi e cruzava a fronteira pela ponte entre Uruguaiana e Paso de Los Libres. Conforme as evidências reunidas pela PF, o serviço oferecido pelos coiotes do pampa incluía recepção na rodoviária, hospedagem, travessia e envio para o destino final.

Imagem: Zero Hora. Dados: Ministério do Trabalho e Emprego. (clique na imagem para ampliar).

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.