-

-

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

VY Canis Majoris, uma hipergigante vermelha. A maior estrela até agora descoberta.


Comparação entre o tamanho do Sol e a Hipergigange Vermelha VY Canis Majoris. Imagem: Portal do Astronomo.

VY Canis Majoris (VY CMa) é uma estrela hipergigante vermelha localizada na constelação do Cão Maior. Ela é a maior estrela conhecida e uma das mais luminosas.

Uma equipe de astrônomos liderados por Roberta Humpreys, da Universidade de Minnesota através do Telescópio Espacial Hubble e do observatório de W.M. Keck, Kameula, Havaí estimou que seu raio está entre 1800 e 2100 raios solares.

Existem duas opiniões controversas sobre esta estrela. Uma delas (segundo os estudos de Roberta Humpreys) é de que a estrela é uma hipergigante, muito grande e luminosa. A outra (com base nos estudos de Massey, Levesque e Plez) é de que a estrela é uma supergigante normal, com um raio estimado em 600 raios solares. No primeiro caso, sua superfície se estenderia além da órbita de Saturno. 

 VY Canis Majoris. Imagem: Nasa.

A estrela tem o volume de 2.940.000.000 (dois bilhões e novecentos e quarenta milhões, para dar uma ideia, o nosso Sol tem cerca de 695 mil.) planetas Terra. Estimações anteriores de seu diâmetro dizem-na ainda maior, com um raio de quatorze unidades astronômicas, o que equivale a 3000 raios solares. VY Canis Majoris já perdeu cerca de metade da sua massa e o seu fim será, provavelmente, uma explosão de supernova, dentro de aproximadamente 3200 anos.

O primeiro registro conhecido de VY Canis Majoris é no catálogo de estrelas de
Jérôme Lalande, em 7 de março de 1801. O catálogo listado VY CMa como uma estrela de magnitude 7. Novos estudos sobre a sua magnitude aparente durante o século 19 revelou que a estrela vem diminuindo desde 1850.

 Nosso Sol uma estrela amarela, quase desaparece perto da Hipergigante VY Canis Majoris. Imagem: Nasa

Desde 1847, VY CMa tem sido conhecido para ser uma estrela vermelha. Durante o século 19, observadores mediram pelo menos seis componentes discretos para VY CMa, sugerindo a possibilidade de que ele é uma estrela múltipla. Estes componentes discretos são conhecidos como áreas brilhantes na nebulosa circundante. 

Observações visuais em 1957 e imagem de alta resolução em 1998 mostrou que a VY CMa não tem uma estrela companheira.

VY CMa é uma estrela de alta luminosidade M com uma temperatura efetiva de cerca de 3.000 K, colocando-a no canto superior direito do diagrama de Hertzsprung-Russell e sugerindo que ele é uma estrela evoluída. Durante a seqüência principal, que teria sido uma estrela O com uma massa de cerca de 30 a 40 massas solares.

Você quer saber mais?




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.