-

-

domingo, 11 de setembro de 2011

O MAIOR ATENTANDO TERRORISTA DE TODA HISTÓRIA.CERCA DE 221 MIL PESSOAS MORRERAM EM HIROSHIMA E NAGASAKI.

Explosão da Bomba Atômica em Nagasaki e as torres do World Trade Center em chamas, após o impacto dos aviões.
Atentado ao World Trade Center X Atentado Terrorista as cidades de Hiroshima e Nagasaki pelos Estados Unidos da América: O maior terrorista mundial.
Hiroshima e Nagasaki
(Bombas Atômicas)
World Trade Center
(Colisão de dois aviões)
221 mil mortos instantaneamente e milhares de feridos que morreram posteriormente devido a exposição há radiação residual.
3 mil mortos.
A data de 11 de Setembro, há 7 anos é lembrada como o dia do “maior atentado terrorista da história mundial”. Condenaram-nos a todo ano, assistir as cenas que chocaram o mundo naquela época o que, para mim, não passam de propaganda americana para justificar o TERRORISMO que esse país tem feito com outros povos no Afeganistão, Iraque e, no futuro sabe-se onde mais, talvez Irã, Coréia do Norte, Índia, Colômbia, Bolívia e e quem sabe até mesmo o Brasil .
Enfim, o que sabemos ao certo é que as Torres Gêmeas do World Trade Center foram acertadas por dois aviões e que 3 mil pessoas acabaram morrendo.
O verdadeiro ataque TERRORISTA que matou 220 mil seres humanos em Hiroshima e Nagasaki foi causado pelos Estados Unidos da América.
O maior atentado terrorista da história aconteceu nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, quando as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki foram alvos de duas bombas atômicas matando aproximadamente 220 mil pessoas, isso sem considerar aquelas outras que vieram a morrer mais tarde por culpa da exposição à radiação do local. É só fazer as contas, APROXIMADAMENTE 73 VEZES MAIS PESSOAS MORRERAM NESSAS DUAS CIDADES DO QUE NO “ATENTADO” DE 11 DE SETEMBRO.

O que importa é que esse “ato terrorista” está bem longe de ser o maior atentado terrorista da história da humanidade.
Para tanto procuremos a definição para TERRORISMO NO DICIONÁRIO AURÉLIO. “Trata-se de um Sistema governamental que impõe, por meio de terror, os processos administrativos sem respeito aos direitos e às regalias dos cidadãos. Um ato de violência contra uma pessoa ou toda uma comunidade".
Sendo assim, o MAIOR ATO TERRORISTA DA HISTÓRIA HUMANA FOI LEVADO AOS NOSSOS SEMELHANTES PELOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, uma nação que sempre abusou da propaganda para vender uma imagem de boazinha, defensora da liberdade e justiça. Uma nação que justifica os seus atos imperialistas em outros povos, com o velho e mentiroso discurso de levar a liberdade!
Foto acima:Bombeiros trabalham após a queda das Torres do World Trade Center
Obvio que no caso de Hiroshima e Nagasaki, os EUA e o Japão estavam em guerra, porém nada justifica tirar tantas vidas de inocentes assim de uma vez só. Existem várias versões da história, no meu ponto de vista os EUA aproveitaram a oportunidade de testar
uma bomba atômica na cabeça de milhares de seres humanos para ver o dano real que tal poder bélico causaria. Aqueles que leram um pouco sobre a Segunda Grande Guerra sabem que o Eixo estava derrotado E O JAPÃO PREPARAVASSE PARA RENDIÇÃO.
O que me irrita mesmo é como a mídia trata os acontecimentos do 11 de setembro de 2001 como um acontecimento para ser lembrado pelo mundo enquanto esquecem das milhares de crianças, mulheres grávidas, idosos que morreram calcinados pelo poder da Bomba “A”. Quem realiza essa comoção mundial entorno dos eventos do WTC, são os meios de comunicação, que manipulação, fazendo com que as pessoas aceitem como verdades absolutas tudo que ouvem e vêem.
NÃO ACREDITE EM TUDO QUE A MÍDIA DIZ E MOSTRA, POIS SÃO HABEIS MANIPULADORES EM PROL DOS INTERESSES DOS PODEROSOS.
Para os sobreviventes do Terrorismo praticado pelos Estados Unidos da América, restou a esperança de lutar contra as doenças causadas pela exposição a radiação.
Você quer saber mais?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.