-

-

domingo, 2 de janeiro de 2011

Pesquisa sobre memória eleitoral revela voto caduco.

Por Alanna Oliveira, Gustavo Moreira e Poliana Sena

Você lembra em quem votou na última eleição? Foi com esta pergunta que uma centena de pessoas, das cidades de Cachoeira e São Félix foi questionada. Pesquisas desse gênero são realizadas por órgãos especializados em âmbito nacional, sendo que o webjornal O Porto em parceria com o jornal-laboratório Reverso trouxe esta pergunta para o Recôncavo.

A enquete não tinha a pretensão de aferir intenção de voto ou saber qual o candidato foi mais votado nestas duas cidades nas últimas eleições, mas buscou conhecer se o voto era lembrado. O questionário contemplava o voto para o senado, para o governo do estado, e para as câmaras de deputados, tanto a estadual quanto a federal.

O resultado mostra como o valor dado aos cargos do poder executivo é maior do que aos cargos do legislativo. Entre os questionados, 71% lembram o candidato ao governo do estado no qual votaram, enquanto apenas 31% lembram o voto para a representação no senado.

A variação do percentual de pessoas que lembram em quem votaram para o senado e para as câmaras de deputados é mínima, ou quase nenhuma. Com relação à câmara federal, 34% dos questionados lembram o candidato de sua escolha, e para a câmara estadual o percentual é também de 31%, assim como o do senado.

Clique na imagem para ampliar

A pesquisa aferiu também a diferença entre a memória eleitoral das eleitoras e dos eleitores, sendo que dentre a centena de indivíduos pesquisados 58 eram mulheres e 42 homens. Nesta questão, a pesquisa indicou que as mulheres têm menor tendência a lembrar em qual candidato votaram.

Entre as mulheres, 23 delas, isso é 39,66%, não lembram em quem votaram para governador, enquanto que entre os homens este percentual é de 14,29%. Esta diferença acontece com relação aos outros três cargos questionados. Com relação ao senado, 82,75% das mulheres não lembram o seu candidato, enquanto que entre os homens a marca é de 50%. Entre as mulheres, 84,48% não lembram em qual candidato a deputado estadual votaram, e 75,86% não lembram quem escolheram para a câmara federal. Entre os homens este índice é de 47,62%, tanto para a câmara estadual quanto para a federal.

Clique na imagem para ampliar

Com base nos dados levantados pela pesquisa, fica a dúvida sobre a real importância dada ao voto pelos eleitores. É direito de todos cobrar dos representantes eleitos que cumpram as promessas e realizem suas obrigações, independente de se ter votado neles. Criou-se no Brasil, entretanto, a idéia de se cobrar apenas daqueles em quem se votou. Se não há recordação do candidato votado, como poderão os eleitores cobrar alguma coisa?

Você quer saber mais?

http://www.ufrb.edu.br/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.