-

-

sábado, 6 de março de 2010

CAMPANHA DO DESARMAMENTO



A partir do Estatuto do Desarmamento elaborado em 2003, foi instituída a Campanha do Desarmamento, visando à população portadora de armas sem registro o prazo de 180 dias para regularização de registro ou porte perante a Polícia Federal, ou entrega de boa-fé da arma de fogo com direito a indenização, à contar de 23/06/2004, conforme a Lei 10884 de 17/06/2004.

Segundo dados do Ministério da Justiça, a campanha resultou na entrega de 443719 armas de fogo, que foram destruídas pelo Comando do Exército, número que constatou o sucesso da campanha, que tinha por meta recolher 80 mil armas, com ampliação desta meta para 200 mil até dezembro de 2004.

Como esse objetivo foi superado, o Governo Federal estendeu a Campanha do Desarmamento até 23 de outubro de 2005, data do referendo onde se questionou a proibição ou não-proibição da comercialização de armas de fogo ou munição (com a vitória do "Não").O que foi uma vergonha para nós, pois a maior parte das armas que vai parar nas mãos dos marginais foram originalmente compradas legalmentes por cidadãos que se achavam capazes de portar arma e que agora ou estão mortos ou marcados para o resto da vida. As pessoas não entendem que um cidadão de bem, não vai saber manipular uma arma com habilidade. Não é brinquedo aprender a atirar, e não é brinquedo aprender a usar uma arma com experiência e muito menos existe uma forma cem por cento segura de manter seus filhos longe delas, estando elas dentro de casa.
VAMOS APRENDER ESSA LIÇÃO: CIDADÃO COMUM NÃO É APTO A USAR ARMA DE FOGO!!!!!!!!


Você quer saber mais?

http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%A1gina_principal

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.