-

-

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O Passado Determina o Presente.

Para entender o porquê da pessoa fazer o que faz, também é necessário olhar seu passado. Como Tennyson faz Ulisses dizer, somos uma parte de tudo aquilo que encontramos e podemos descobrir muitas coisas sobre as pessoas, sabendo onde a pessoa esteve e como sua historia cultural difere da nossa própria história. Quando o dirigente de uma corporação telefona para o meu escritório para tratar de um seminário e diz: “temos dificuldade de motivar nossos empregados”, posso prever, antes de ir lá, que eles não conhecem seus empregados, mais jovens como deveriam. Em nove de dez casos, os gerentes assumem que sua equipe mais jovem vem de uma cultura similar a deles e que os mesmos incentivos que sempre motivaram os gerentes motivaram também seus empregados. Porem esta é a suposição perigosa.

Dr. Layne Longfelow diz que, atualmente, a maioria das pessoas que tomam as decisões nas empresas é produto da depressão da década de trinta. Ou eles ou seus pais tiveram que se preocupar com as necessidades básicas como casa e comida, e isso moldou intensamente seus sistemas de valores. Assim, quando lês pediram para fazer hora extra, eles sempre respondiam: “claro”, pensando, “você nunca sabe quando vai precisar de mais algum dinheiro, e tenho sorte de ter um bom emprego”.

Porem,quando falamos com as gerações mais jovens fazer horas extras, elas dizem: “não, obrigado, mas eu gostaria de falar com você sobre mais um dia de folga”. Respondem assim, simplesmente, porque suas necessidades são diferentes. O trabalho é importante para elas, ma também o lazer e o emprego ocupa o segundo lugar para a qualidade de vida, se um emprego não vai bem, ela sabe que existem muitos outros.

A outro ponto com relação ao passado destes trabalhadores que os distingues dos demais. Ao contrario de muitos gerentes de alto nível, os mais jovens cresceram num mundo onde as pessoas esperavam que acontecesse o holocausto nuclear durante o seu tempo de vida ficaram muito desiludidos com os assassinatos de John Kennedy, Robert Kennedy e Martin Luther King e provavelmente, ficaram confusos com a guerra do Vietnã e o escândalo de Watergate. Por que deveriam se sacrificar agora para gozar as delicias da velhice se eles podem nem ter velhice? Todas as nossas lutas e bajulações serão inúteis até levarmos em consideração as forças que as criaram.

Alan Loy McGinnis

Você quer saber mais?

http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.