-

-

terça-feira, 5 de outubro de 2010

A HORA DA VERDADE!

A Hora da Verdade!
Oswaldo Tagliavini



Por mais que queiramos nos silenciar, e permanecer à margem dos acontecimentos políticos de nossa pátria e do mundo, não por indiferença, mas por prudência, vejo-me obrigado a quebrar o silencio, e tomar uma atitude, de acordo com minha consciência. Duvido que haja em Matão, quem mais combatera o comunismo ou esquerdismo comunizante, que o autor destas linhas.
Digo isto longe de qualquer pensamento de vangloria, por que esta pertence a Deus, isto é, a Gloria. Quando em 1946-47, Luiz Carlos Prestes e seus cúmplices, do Partido Comunista, filial
do Brasil, tramavam a entrega de nossa Pátria à Rússia Comunista, eu, o saudoso Dr. Hudson Buck Fereira, e mais um púgilo de bons brasileiros, sem distinção de partido, fundávamos a União de Resistência Nacional em nossa cidade. Este movimento tinha finalidade dar combate ao comunismo, em todos os terrenos de atividade. Esclarecendo ao povo a verdadeira doutrina comunista, e o que fariam do Brasil, se por nossa desgraça, conseguissem enganar o povo, como conseguiram na Hungria, na China e muitos outros povos infelizes. Lutamos, e não paramos de lutar, até o dia em que a “Revolução de Março” deu uma “sem pulo” em Luiz Carlos Prestes, Julião, Arais, etc., que viviam apregoando, através de entrevistas e discursos, que estavam próximas a cubanização do Brasil. É o que pregava o célebre jornal Brasil – Urgente, do esquerdista dominicano Pe. Josafa, grande culpado do desvio ideológico de uma parte de nossa juventude, com sua pregação esquerdizante e subversiva, digo, o que pregava, senão o descrédito e a ruína de todos os inimigos do comunismo? Graças a Deus, vencera o bom senso do povo brasileiro, que dera uma resposta à altura, para aqueles que queriam fazer do Brasil, mais uma infeliz República satélite do povo moscovita. Hoje, que o Governo da República e o povo honesto, trabalhador, cristão, tudo fazem para fazer do Brasil uma grande nação, onde se possa trabalhar e viver tranqüilamente. Praticar livremente sua religião, dentro dos princípios do Santo Evangelho, como pudemos verificar ainda há poucos dias em nossa cidade, na vibrante e livre
manifestação de Fé no dia de Corpus Christi. Hoje, que todos podem partir sossegados para o trabalho, vem os filhos das trevas, e procuram por todos os meios, torturar o povo que trabalha, com assaltos, crimes e ameaças.Como cristãos que somos, devemos permanecer firmes ao lado do Bom Jesus, e jamais renunciar à nossa Fé, rezar por aqueles brasileiros transviados, que julgando talvez fazer o bem, seguem o caminho errado, podendo ao contrario, usar sua energia e coragem para lutarem ao nosso lado. Ao lado do Cristo da Paz e do Amor e da Justiça, e unidos, construímos a grandeza do Brasil, como exemplo ao mundo. Realmente em nossa querida terra de Santa Cruz, aquele magnífico pensamento do grande Santo Agostinho: In veritas unitas, in dúbio libertas, in onmnibus, caritas. Isto é: Na verdade, unidos nas coisas secundariam, liberdade e em tudo, caridade. Se pretendermos falar ou agir em nome de Deus, não devemos nos esquecer de que, “Deus é Amor”, e não ódio e vingança. Sigamos o exemplo de Cristo: Oremos por aqueles que nos perseguem nos ofendem e caluniam...
Que Bom Jesus mova o coração de todas as ovelhas transviadas, para que voltem ao seu aprisco, e gozem de Paz e Tranqüilidade.

Autor: Oswaldo Tagliavini
Data desconhecida.

VOCÊ QUER SABER MAIS?

www.integralismorio.org

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.