-

-

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Análise sobre o debate a respeito do Integralismo promovido pela Revista de História da Biblioteca Nacional.*

A idéia era um debate, mas o que ocorreu foi uma extensa exposição difamatória sobre a história da Acção Integralista Brasileira, refiro-me ao encontro sobre o Integralismo promovido pela Revista de História da Biblioteca Nacional, ocorrido no dia 19 de outubro, às 16 horas, no auditório da Biblioteca Nacional. Durante cerca de 3 horas, os historiadores Leandro Gonçalves, professor do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora e Márcia Carneiro, professora da Universidade Federal Fluminense, discorreram sobre o tema. Algumas análises feitas pelo Prof. Leandro Gonçalves chamaram a atenção dos pesquisadores sobre o Integralismo presentes durante o evento, entre elas se destaca a afirmação “que houve um clima desfavorável para o surgimento do Partido de Representação Popular após o fim do Estado Novo (1937-1945)”. Discordo, completamente, desta afirmação.

Ao contrário da Acção Integralista Brasileira, o Partido de Representação Popular - PRP alcançou vitórias nunca antes almejadas pela AIB, entre elas pode-se afirmar que o PRP participou ativamente da base do Governo Federal, durante o mandado do Presidente Juscelino Kubitschek, tendo inclusive papel de destaque no governo. Elegeu inúmeros Prefeitos, Senadores, Deputados Estaduais e Federais pelo Brasil, bem como teve papel de destaque na eleição presidencial de 1955, na qual o Presidente Nacional do PRP Plínio Salgado recebeu 8% dos votos válidos, respondendo a todos os críticos do Integralismo que este estava vivo e presente em todo o Território Nacional.
Além deste fato, o cartaz de divulgação do evento intitulado “Ameaça Fascista? O Integralismo Ontem e Hoje” demonstra , claramente, que a proposta do evento não era informar os estudantes presentes sobre a história do Integralismo até os dias atuais e sim desinformar e fomentar um julgamento de preconceito e intolerância sobre o “maior movimento de massa do Brasil”, segundo a própria palestrante Profª. Márcia Carneiro.

Por fim, gostaria de pedir a todos os Integralistas e simpatizantes que enviem E-mails para Revista de História da Biblioteca Nacional, criticando a forma que o evento foi divulgado e realizado.

* Σ - Guilherme Jorge Figueira, Presidente Estadual da FIB-RJ/NIERJ
Fonte: Artigo publicado em formato de editorial no boletim Bandeira do Sigma, pág. 1, n.15, Ano II, outubro, 2010

Você quer saber mais?

http://www.integralismorio.org

http://www.integralismo.org.br

http://www.osigmareluzente.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"O Homem inventou a máquina. A máquina, agora, quer fabricar homens. E se um dia saírem homens do ventre das usinas, também os úteros das mulheres gerarão homens-máquinas, sem coração, sem afeto, meros aparelhos de produção..."

Plínio Salgado.